Microsoft Certified Azure Administrator Associate

ESTE POST É UMA TRANSCRIÇÃO DE UMA LIVE DO CANAL FACEBOOK.COM/BERNARDESRAFAEL

CURTA A PÁGINA E PARTICIPE AO VIVO DA PRÓXIMA VEZ 😉

 

Sem enrolação: Esse certificado é muito importante para todo profissional de TI que quer alavancar a carreira e agregar valor ao currículo. O meu nome já está nele! Cadê o seu?

 

Você já deve ter percebido que computação em nuvem está no auge e o momento de aproveitar é agora. Mas talvez você se pergunte: Como faço isso? Como implementar? É tudo Máquina Virtual? Como se configura?

 

Cola comigo que eu vou te mostrar o caminho. Mas antes de tudo, vamos responder a seguinte pergunta:

 

O que fazer para ser reconhecido como um profissional de referência nessa área?

 

Você pode saber a resposta de todas as perguntas e saber bem mais que outros profissionais. Isso é ótimo! Mas se você não for reconhecido, lascou-se. Você precisa ter o reconhecimento também, através de um Título de Certificação.

 

Não adianta fugir. Não adianta falar que não gosta, que não acha legal… Não tem jeito! Tem que ter esse tipo de certificação, sim!

 

A certificação que eu recomendo para você agora é o Microsoft Certified Azure Administrator Associate. Ela é simples de fazer e pode transformar a sua vida profissional.

 

Se você está aqui esperando dicas de prova, questões resolvidas ou um simulado, pode ir embora. Não é disso que eu vou falar, mas sim da transformação pessoal e profissional que você vai ter na sua carreira através desse título. Foi isso que aconteceu comigo e com o Rodrigo. A gente mudou toda a nossa mentalidade, toda a nossa vida profissional, através da computação em nuvem. As certificações foram essenciais! Tanto pelo reconhecimento quanto pelo teste e validação da nossa competência.

 

A Microsoft mudou bastante as carreiras técnicas de hoje para quem vai fazer certificação e elas estão inclinadas para a computação em nuvem. O mercado está pedindo isso. Essa é realidade de hoje e também do que vem pela frente. O Azure é a solução de computação em nuvem da Microsoft que eu recomendo para você.

 

Caso ainda não conheça, vou te apresentar o Azure rapidamente. O Azure é um portal da Microsoft que  oferece uma série de serviços centralizados com as mais diversas soluções em TI. Com o Azure, você tem soluções de armazenamento, servidor e bancos de dados que podem ser implementadas em minutos e gerenciadas a partir de um console único.

 

Acabou aquela história de ligar para fornecedor pedindo manual. Com o Azure, toda a documentação está disponível e centralizada. Você também tem a possibilidade de contratar serviços que antes demoravam meses para cortar. Você nem vai precisar se preocupar em resolver problemas com cabos, hardware ou rack de servidor! Nunca na história da tecnologia um portal conseguiu te oferecer tantas soluções. Essas são algumas das vantagens que o Azure traz pra você. Todas as outras vantagens você descobre em https://azure.microsoft.com/en-us/

 

 

Você precisa saber utilizar tudo isso! Como eu falei, são muitas opções. Você vai sair se arriscando sem preparo? É claro que não. Principalmente quando você é cobrado por minuto ou por hora do recurso que está utilizando. Muitas pessoas arriscam nas empresas porque elas podem ir até o servidor, mexer aqui e ali, dar um jeitinho e tentar até funcionar. Na Nuvem não é assim. Na Nuvem você não tem que esperar cotação do servidor. Basta apertar o play e o serviço será executado e cobrado, o que é o justo.

 

Sabendo a forma correta de trabalhar nessa plataforma você tem uma cobrança muito reduzida e um início rápido dos serviços que vão facilitar a sua vida. A certificação Azure Administrator valida os seus conhecimentos e dá segurança para você, para sua empresa e seus clientes. É uma validação de que você está capacitado para operar na plataforma Azure.

 

Essa certificação é adquirida através de uma prova de conhecimentos técnicos. Só consegue a aprovação quem está preparado. Se você ainda tem dúvidas de qual caminho seguir, siga o da nuvem! As certificações MCSA e MCSE têm data para terminar. Quem já está nesse caminho pode acrescentar a nuvem agora. Quem está partindo do zero, vá direto pra nuvem.

 

Vai por mim. Na época em que eu trabalhava com servidores em empresas e precisava me deslocar até eles, eu não trabalhava com a nuvem. Muitas vezes era necessário estar lá presencialmente porque o acesso remoto simplesmente parava de funcionar. Ao chegar no servidor, eu tinha que resolver problemas de cabos, de conector, de driver… Imagina: a empresa faz um investimento de mais de 2 milhões pra depois ter problema de driver.  Às vezes um data center de 5 milhões têm problemas de hardware, driver, porta de switch… Talvez essa seja a sua realidade hoje e se você não partir pra nuvem, essa pode ser a sua realidade de amanhã. Com a nuvem você vai esquecer esses problemas e focar na solução.

 

Sabe quando o profissional de TI é visto como o carinha da manutenção? É por causa de situações assim, em que ele está lá realmente fazendo essas manutenções.

 

Quando entrei nesse mercado com meu sócio Rodrigo, nós fundamos a empresa K2 focada em soluções de nuvem e assumimos o que, naquela época, era um risco. Agora temos ótimos clientes e excelentes projetos no currículo, porque lá atrás tivemos visão e coragem.

 

Hoje é bem mais simples. A documentação evoluiu muito e o mercado está desejoso por soluções de nuvem. Qual empresa hoje em dia não está pensando na nuvem e se perguntando: E se a internet cair? E se o link não for bom? E se o custo de operação aumentar com o Dólar?

 

Pense bem: Qual empresa funciona hoje sem internet? Como ela emite uma nota? Como ela controla o faturamento e as vendas? Em que sistema se faz os registros? Até a lojinha aqui da esquina tem uma maquininha de cartão de crédito conectada na internet.

 

Tem mais: o servidor que você compra da Dell, é fabricado no Brasil? A licença da Microsoft é nacionalizada? Existe uma Microsoft aqui com preços especiais?  Não existe! Os preços são todos baseados no Dólar. Estes empecilhos não fazem sentido, mas você tem que lidar com eles de qualquer jeito e na nuvem você pode trabalhar sendo cobrado pelo custo.

 

Existem pessoas que não entendem de nuvem e não admitem isso. Elas calculam um valor sem saber o que estão fazendo. Ao verem o preço elas dizem: a nuvem não é pra mim. Ou então dão desculpas retrógradas para não adotar a nuvem. Não dá pra ignorar que eu e milhares de profissionais estão se capacitando todos os meses para trabalhar com nuvem e estão encontrando oportunidades.

 

Salários elevadíssimos, a partir de 10 mil reais! Eu já recebi proposta de 25 mil reais. As posições são abertas, não exigem presença física, então você pode trabalhar de outros locais. Mesmo que não seja um trabalho home office e você precise ir até um escritório satélite da empresa, é muito melhor do que ter que se mudar para São Paulo, coisa que acontecia há 10 anos atrás. Hoje você pode até trabalhar com uma empresa americana, por exemplo, residindo no Brasil.

 

Existe um leque de facilidades que só é possível se você esquecer objeções retrógradas e se preparar para uma mudança, uma verdadeira reviravolta na sua carreira!

 

Uma desculpa que as pessoas usam é a do inglês. A Microsoft só está colocando prova em inglês agora. Galera, ou a gente se vira e segue em frente ou decide ser medíocre pro resto da vida. Não tem outra saída pro profissional de TI. É preciso dominar pelo menos o inglês técnico. Quem não domina e não está lutando para conseguir dominar o inglês técnico vai ficar pra trás. A carreira dessa pessoa não vai ter futuro.

 

Você quer ser uma pessoa de sucesso nessa área ou não? Se quiser, não pode colocar empecilhos, inventar desculpas ou reclamar do inglês. Não existe uma Microsoft Made In Brazil para forçar o idioma português no mundo. Se você não está conseguindo as coisas que quer na vida profissional, então está na hora de dar um basta nisso e de fazer uma transformação na sua carreira.

 

Esse é um caminho sem volta. Depois que começar, não vai querer parar. Eu mesmo fui reprovado em várias provas, lá atrás, quando comecei. Fiz várias e várias vezes a mesma prova. Agora ficou muito mais simples para mim e muito mais fácil pra você! O difícil é dar o primeiro passo, principalmente com a prova em inglês. Fiz várias provas quando ainda não tinha inglês fluente. Na época, me virei com o inglês técnico.

 

Graduação também não deve ser empecilho. Eu não tenho graduação em TI e não tenho vergonha alguma de falar isso. Graduação não é o único caminho. Quer fazer? Faça e seja feliz, mas não é o único caminho. Na graduação você pode chegar a pagar uns 60 mil reais ao longo do curso, com mensalidades, materiais, deslocamento, alimentação e também 4 ou 5 anos da sua vida. Agora você tem uma possibilidade, um caminho mais simples para transformar a sua vida como um profissional de TI, um caminho muito mais rápido. Só que existe um sacrifício. Às vezes a pessoa coloca na cabeça que é mais fácil pagar uma mensalidade e ficar de corpo presente nas aulas. Muitas vezes é isso que acontece: a pessoa vai pra faculdade depois de um dia cansativo no trabalho e não acompanha o conteúdo.

 

Eu quero saber se você está comigo ou não. Se está disposto a abandonar as suas antigas objeções o conseguir essa certificação. Se não estiver, tudo bem. Mas se estiver, vamos assumir as consequências e tomar a decisão de fazer isso agora.

 

Você sabe que eu também sou MCSE. Para tirar o MCSE eu fiz 7 provas. Sete provas!!! Isso pra ter o título de Microsoft Certified Solutions Expert. Agora a Microsoft tem um título muito mais focado. Com 1 prova, apenas 1 prova, você obtém um título de certificação técnica da Microsoft. Com o título de Azure Administrator Associate você ganha um badge, uma etapa concluída na sua carreira. Por isso, é muito inteligente da sua parte fazer essa prova agora,  porque eu não sei quanto tempo ela vai ficar disponível. Já foram as provas az 100, az 101, a 102, az 103 e agora o nome da prova é az 104. Esta é a prova que está disponível para fazer online. Antigamente não exista uma prova que te desse um título, agora existe. Não sei por quanto tempo a Microsoft vai manter isso, então aproveite porque depois que você tem o título ninguém tira ele de você!

 

 

Se você não tem nenhum título na sua vida, esse é muito bom! Eu, por exemplo, tenho título de MCSA, MCSE, Azure Administrator, MVP… Não vou julgar quem foi por outro caminho, mas eu prefiro esse, foi o que eu escolhi, o que eu recomendo, o que estou mostrando pra vocês como seguir. Talvez você até me supere na carreira. Não tenho problema nenhum com isso, pode me passar a vontade!

 

Vou mostrar o que você precisa aprender para conseguir o seu título na prova az 104, que cobra a parte de administração do Microsoft Azure.

 

A grade oficial da prova az 104 você encontra no site https://query.prod.cms.rt.microsoft.com/cms/api/am/binary/RE4pCWy

 

São 4 pilares:

 

  1. Identidade e Governança
  2. Implementação e gerenciamento de armazenamento
  3. Implantar e gerenciar os recursos computacionais
  4. Monitorar e realizar cópias de segurança dos recursos do Azure

 

  1. Identidade e Governança:

Você vai aprender a trabalhar com Azure AD, que é o AD da nuvem da Microsoft. Você vai aprender a fazer na nuvem toda a parte de gestão que você faz no local AD: gerenciamento de assinaturas e governança, políticas de locks, as tags para fazer gestão dos custos, colocar limites, alertas de limites, de gastos. Você conseguirá fazer tudo isso.

 

  1. Implementação e gerenciamento de armazenamento:

Essa parte de armazenamento cobre migração, como estender o seu servidor de arquivos para nuvem Azure File Sync Service, como copiar os dados para o Azure, AZCopy e gerenciamento da parte de segurança.

 

  1. Implantar e gerenciar os recursos computacionais:

A parte de computação trata da alta disponibilidade das máquinas virtuais, os Scale Sets, que trabalham em conjunto para alta performance. Automação é a parte básica de máquina virtual. Tem também gerenciamento de container e os web apps, quando há um serviço em aplicativo web. Você não tem servidor de IIS, não tem servidor SQL, tem um serviço web app que roda seu aplicativo, seu RP, o aplicativo da empresa, o site da empresa, tudo roda nele.

 

Tem a parte de implementação de rede virtual também, para criar redes virtuais sem precisar ir no roteador ou então no switch. No Azure é tudo pelo seu painel online. Você tem a representação gráfica, que deixa tudo muito mais fácil.

 

A parte de segurança envolve Grupos de Segurança da Rede, muito legal de trabalhar com o Azure Bastion, Firewall, NSG, o ASG, Load Balance e como configurar a distribuição de carga que entra no seu sistema entre vários servidores para economizar. Ao invés de ser um servidor grande na nuvem você pode obter vários menores e distribuir essa carga. Você vai ver também a parte de troubleshooting, ou seja, gerenciando problemas da rede e a parte de VPN, que é sobre como conectar sua rede local à outras estações com o Azure.

 

  1. Monitorar e realizar cópias de segurança dos recursos do Azure:

Por fim, mas não menos importante, você vai ver como monitorar e fazer backup disso tudo na própria nuvem. Monitorar vendo log, performance e dicas de segurança.

 

Isso vai te dar uma visão completa da nuvem e do que é cobrado na prova. Você tem que saber isso tudo com detalhes. É cobrado o powershell, é cobrada a parte de gestão e os vários tipos de gestão. É uma prova difícil, mas toda certificação Microsoft é difícil. Por isso você precisa de uma preparação para passar. A Microsoft recomenda 6 meses de experiência hands on, ou seja, para quem não vai fazer curso, não vai fazer nada, essa pessoa precisa estar realmente vivenciando isso tudo para poder passar. Ou você pode fazer um treinamento que vai te capacitar para isso de uma vez. Inclusive, a Microsoft oferece um treinamento pago, mas é tudo em inglês. O conteúdo pago pode ser encontrado em https://docs.microsoft.com/pt-br/learn/certifications/exams/az-104 .

 

Fazer o treinamento é um caminho que eu super recomendo para você que quer uma mudança na sua carreira. Para que você conquiste a sua certificação! Antes dela você precisa se capacitar e estudar. Estudar computação em nuvem tem custo. Nossa, tem custo é? Claro! Ir pra faculdade também tem custo, até a faculdade pública. Você precisa pagar transporte, alimentação, material e o que mais precisar.

 

Você vai ter um custo para estudar o Azure. Como tudo na vida, não é de graça. Você pode falar: Ah Rafael, eu já criei uma conta gratuita no Azure! Tem conta gratuita? Tem sim! Você pode fazer uma em https://azure.microsoft.com/pt-br/free/ . Usando esse link você consegue criar uma conta de 30 dias com 900 reais em créditos que você recebe para gastar com serviços Azure e estudar. E quando acabarem os créditos, você vai parar de estudar?

 

 

Nós não podemos ter uma mentalidade medíocre. Se você tem ambições de viajar para eventos, fazer as férias que você sempre quis, comprar as coisas que você sempre quis, os equipamentos que você sempre quis, então você não pode se auto limitar aos créditos gratuitos!

 

Se você tem filhos, quer colocá-los em escolas boas, correto? Quer dar coisas boas pra eles? Então acabe com a mentalidade medíocre de não poder gastar 200 reais por mês ou investir 100 reais no meu estudo de azure. Não seja essa pessoa.

 

Estudar nuvem tem custo, sim, mas compensa muito! Não estou vivendo nesse mundo de bobeira. Se não valesse a pena, eu já teria ido pro mundo Open Source. Se o mundo Open Source fosse melhor, eu já teria ido pra lá há muito tempo. A Microsoft me dá muitas oportunidades.  Eu aproveito, e estou te convidando a aproveitar também.

 

Voltando ao título de Microsoft Certified Azure Administrator, as responsabilidades atribuídas à função incluem:

 

  • Implementação
  • Gerenciamento e monitoramento de redes de identidade
  • Governança
  • Armazenamento
  • Computação e redes virtuais em ambiente de nuvem
  • Além de fornecer, dimensionar, monitorar e ajustar recursos quando necessário.

 

Isso é excelente! Qualquer empresa quer um profissional com essas capacidades! No momento em que vivemos, em que você pode trabalhar em qualquer parte do mundo, isso é crucial. Existe um movimento migratório muito forte. Tenho um amigo que está na Alemanha, tenho amigos em Berlim, em Zurich, tenho amigos na Europa toda e também nos Estados Unidos que estavam migrando pra trabalhar lá. Agora muitos países não estão incentivando esse tipo de coisa. As empresas estão trabalhando muito em home office. Elas estão abertas a isso, e você pode concorrer a vagas em outros países, sim!

 

O movimento de home office que está acontecendo vai ter consequências permanentes. As empresas vão abandonar alguns de seus escritórios e substituir por home office. Isso vai ser muito bom pro pra quem estiver capacitado para trabalhar com computação em nuvem. A certificação é a única coisa válida no mundo todo. A graduação precisa convalidar. Quem tem graduação mas não tem certificado já sai perdendo.

 

Para você que mora no interior do Amapá, Manaus, Caxias do Sul, qualquer lugar: as  oportunidades de clientes e empregos em todo o Brasil estarão cada vez mais evidentes, cada vez mais fortes e mais disponíveis. Isso quer dizer que a concorrência vai aumentar. Quem quer ser bem sucedido não pode ficar pra trás. Ou corre pra direção do sucesso, ou corre dessa área. Daqui a pouco essas vagas não estarão mais sobrando. É normal você ir numa empresa prestar um serviço e encontrar um funcionário catedrático na área de TI que está lá desde criança. Esse cara aproveitou o momento lá atrás e garantiu a vida dele dentro daquela empresa com um bom salário. Daqui pra frente o que vai acontecer? Essas oportunidades vão aparecer para quem sabe trabalhar na nuvem e você pode ser o próximo a aproveitar.

 

E tem ainda os serviços! Estou recebendo cotação de serviços do Brasil inteiro. Empresas com as quais eu ainda não tinha contato estão me procurando. Nuvem, nuvem, nuvem!

 

Saia na frente, tire a sua certificação, consiga seu título e esteja preparado o quanto antes. Não adianta querer esperar por oportunidades para depois você se preparar. A oportunidade não vai esperar você! Se esperar para estudar, alguém vai tomar o lugar que poderia ser seu.

 

Quando eu dei a dica da virtualização, quem pegou, aproveitou. Eu destaquei minha carreira com virtualização e depois com alta disponibilidade. Não estou dando uma de profeta, estou dizendo o que já está evidente, está claro. Na época da virtualização, ela foi a maior aposta. A gente mexia com software de virtualização embrionária. Hoje está claro que há uma nova grande aposta!

 

Aí você pode se perguntar: mas eu vou ter que comprar um curso agora? Será que é agora mesmo? Acredite! Você pode fazer esse curso! Você pode seguir carreira com essa certificação. Você merece seguir esse caminho! As vezes é preciso alguma coisa te pressionando ou um empurrãozinho para seguir em frente. Eu sou assim também. Se as coisas estiverem muito soltas, não funciona pra mim. O meu curso pode ser uma chave para você. Tente! É tentando que as coisas andam pra frente e eu posso te garantir que esse é o caminho ideal.

Share

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    © 2019 All Rights Reserved. Cooperati.