Introdução ao SUDO


O comando sudo do sistema operacional Unix, e compatíveis,  permite a usuários comuns obter privilégios de outro usuário, em geral o super usuário, para executar tarefas específicas dentro do sistema de maneira segura e controlável pelo administrador. O nome é uma forma abreviada de se referir a substitute user do (fazer substituindo usuário) ou super user do (fazer como super usuário).

História
sudo foi desenvolvido por Bob Coggeshall e Cliff Spencer nos anos 80. A versão atual é mantida por Todd C. Miller e distribuída sob um tipo de licença BSD.
Uso e funcionamento
Um super usuário precisa definir no arquivo /etc/sudoers quais usuários podem executar sudo, em quais computadores podem fazê-lo e quais comandos podem executar através dele. Por ser uma tarefa delicada em termos de segurança a edição direta deste arquivo não é recomendada. Para isso foi criada a ferramenta denominada visudo que invoca um editor para uma cópia do arquivo /etc/sudoers e em seguida verifica o conteúdo do arquivo antes de substituir a configuração atual.
Um usuário que esteja inscrito no /etc/sudoers pode invocar o comando da seguinte forma:

Onde comando é o comando que deseja executar. A opção -u usuário serve para especificar qual usuário deve ser utilizado para executar o comando, se omitida sudo considera o usuário root.
Antes do comando ser executado, sudo confirma a identidade do usuário pedindo sua própria senha. Se o usuário tem permissão garantida na configuração, o comando é executado como super usuário e retorna. A linha de comando continua sendo a do usuário que executou sudo e não a do super usuário.
Caso sudo seja executado de forma não permitida pela configuração, um registro da ocorrência é feito no arquivo /var/log/auth.log.
Distribuições
Algumas distribuições Linux desabilitam o super usuário e exigem que todas as tarefas administrativas sejam realizadas através do sudo. Ubuntu é um exemplo destas distribuições.
Apesar do super usuário ser desativado na distribuição Ubuntu, o mesmo pode ser ativado executando passwd através do sudo, atribuindo uma senha para root.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sudo
Principais opções do arquivo /etc/sudoers
Host Aliases:
Pode definir alias para grupos de máquinas ou para host específico.
Exemplos:

User Aliases:
Pode definir alias para grupos de usuários ou para um usuário específico. Inclusive com informações de LDAP, NIS, AD e arquivos de configuração do Linux.
Exemplos:

Command Aliases:
Pode definir alias para grupos de comandos ou para um comando específico.
Exemplos:

Seção de Comandos:
Sintaxe:

Permite ao usuário root executar qualquer comando de qualquer lugar;

Permite ao usuário root executar de qualquer como qualquer usuário qualquer comando

Permite aos membros do grupo ‘admin’ executarem de qualquer lugar como qualquer usuário qualquer comando.

Permite ao grupo ‘sys’ vindo de qualquer máquina, como qualquer usuário rode os comandos definidos pelos apelidos: REDE, PACOTE, SERVICOS, DESLIGAR

Permite ao grupo ‘wheel’ vindo de qualquer máquina como qualquer usuário, sem pedir senha (NOPASSWD:) qualquer comando.

Usuários cadastrados no Alias ADMINS vindos do grupo de máquinas registradas no Alias SAMBA, como usuário root sem solicitar a senha, rode os comandos cadastrados no Alias REDE, SERVICOS, DESLIGAR, KILL

Usuário ‘carlos’ nas máquinas cadastradas no Alias ‘MAIL’ pode executar qualquer comando do diretório /usr/sbin/, exceto os comandos cadastrados no Alias ‘DESLIGAR’ e ‘KILL’.
Estes são alguns exemplos de configurações que podem ser feitas com o arquivo sudoers.
Obs.: Quando o Debian é instalado em sua versão básica o mesmo não vem o com o sudo instalado, mas nada que um ‘apt-get install sudo’ não resolva o problema.
Espero que tenham gostado do post e continuem comentando, assinem na lista de nosso portal para se manterem atualizados das novidades.

    Comments

    1. Ótimo artigo sobre o mundo Unix/Linux.

    2. Bom post, não sabia destas possibililades de atribuir os programas que o usuário pode ou não pode executar. Gostei da tirinha também.

    3. Otima aula ~Ricardo…
      Cada dia que passa eu tenho curtido mais Win.. e Bernardes me desculpe.. mas realmente o Janela ta ficando para tras no meu gosto…

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    © 2019 All Rights Reserved. Cooperati. 

    Deseja uma consultoria especializada?