Email Corporativo com Zimbra

 
zimbra
Em tempos de e-mail nas nuvens, offices nas nuvens, tudo parece muito bonito, mas quando as nuvens são de tempestade talvez sua empresa precise de mais controle sobre o uso de mensagens, principalmente quando é sabido por todos que governos e empresas espionam o conteúdo de qualquer e-mail que passe por seus servidores. Tanto que o Brasil está padronizando uma ferramenta de e-mail para uso em autarquias e órgãos públicos, segurança de dados nunca é demais, como hoje ter servidores em cloud, em alocação ou interno não é mais tão caro vou começar uma série de artigos sobre instalar e utilizar o Servidor de E-mail Zimbra, em sua versão Open Source com todos os recursos que uma empresa necessita.
Desde e-mail, agenda colaborativa, catálogo de endereços local e global, gestão de tarefas e Porta Arquivos esse servidor é ideal para empresas de vários tamanhos, vamos começar com a instalação simples e utilização da interface administrativa, passaremos para gestão por linhas de comando e até criação de um sistema de push para e-mail (assim como no Microsoft Exchange, Google) para os celulares.

Em relação ao hardware usado eu recomendo no mínimo 4GB RAM e 2 processadores, RAID5 Para o Zimbra e se possível RAID5 para o diretório de storage, em instalações que tenho utilizo em média 8GB RAM (incluindo o sistema básico) e RAID5 em separado para o /opt/zimbra com média de 400 usuários e muito tráfego/dia e um processador octa core e tem funcionado muito bem.
Vou usar o Ubuntu 12.04 LTS, mas esta instalação só difere de outras distribuições GNU/Linux em relação aos nomes dos pacotes necessários para o sistema funcionar, por isso se quiser utilizar um Red Hat, Suse ou CentOS fique à vontade.
Primeiro passo é ter um sistema corretamente configurado para poder instalar o servidor de e-mail, ou seja, um sistema com o hostname correto, com o DNS correto e com os arquivos de hosts com as informações corretas.
Para um correto funcionamento você precisará de um IP público fixo (isso é essencial, se você possui apenas IP dinâmico de internet não vai ter como fazer funcionar corretamente para fora), se você não tem IP público poderá instalar e configurar mas não terá troca de mensagens com outros servidore na internet.
Para um funcionamento correto devemos ter o MX do domínio apontando para seu servidor, se não tem um DNS pode criar um com o Bind segindo meus artigos de DNS: Aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.
Se você já tem um DNS certifique-se que ele está apontando o registro de recursos MX para o servidor de e-mail, tipo: dominio.com.br IN MX 10 mail.dominio.com.br
Assim os teste do Zimbra na pré-instalação não irão falhar.
Vamos utilizar mail.dominio.com.br como nome do servidor, como estou há um tempo sumido alguns tem dito que estou meio antisocial vou usar meu domínio antisocial.com.br e MX mail.antisocial.com.br 🙂
04-teste-MX
Se seu servidor não está diretamente na internet, mas está atrás de um firewall que tem o IP público faça os redirecionamentos corretos para que esse servidor possa funcionar, as portas são: SSH (para administração e instalação no shell), SMTP, DNS (caso ele seja o DNS), HTTP, POP3, IMAP, HTTPS, SMTPS, SUBMISSION, POP3S, IMAPS, 7071 (porta de administração web)
O arquivo /etc/hosts ficará assim:
IP mail.dominio.com dominio.com mail
Veja como o meu ficou:
09-instalacao-04
Com o hostname devidamente acertado para mail, vamos ao Zimbra.
No site de downloads da versão open source do Zimbra baixe a versão mais recente para sua distribuição, eu estou usando a 8.0.7 para Ubuntu 12.04 LTS 64bits. Pode baixar pela página e irá para sua máquina e depois você pode transferir para o servidor ou baixar direto no servidor com o comando wget. No site de downloads clique com o botão direito e depois em Copiar link, no terminal do servidor digite wget e o cole o link que você copiou no browser.
01-download-zimbra
02-download-02
Descompacte o arquivo no seu diretório ou em outro que preferir.
03-descompactacao-01
Agora vamos à instalação do Zimbra, entre no diretório do Zimbra que foi criado na descompactação e como root digite:
root # ./install.sh
06-instalando-zimbra
06-instalacao-01
Ele irá fazer uma verificação no sistema por instalações anteriore do Zimbra e irá mostrar os pacotes faltantes, como é uma nova instalação não teremos nenhum pacote instalado, aceite a instalação Y e pressione enter.
Caso não tenha feito corretamente as configurações de DNS, do /etc/hosts e do hostname terá uma tela como essa:
08-instalacao-03
Caso tudo esteja correto verá a tela da licença do Zimbra, aceite novamente com Y:
07-instalacao-02
Quando aceitar a licença ele irá verificar os pacotes que o Zimbra depende no sistema, sugiro nesse momento parar a instalação do Zimbra, instalar os pacotes e recomeçá-la.
10-instalacao-05
No meu caso resolvi com essa linha:
root # apt-get install libgmp3c2 libperl5.14 libaio1 pax sqlite3 sysstat
Faça a instalação de acordo com sua distribuição.
Agora execute o script install.sh de novo. Faça os devidos aceites e você deve ter essa tela como resultado:
11-instalacao
Confirme os pacotes com Y, não utilizo o Zimbra proxy pois este é o servidor de email principal e não utilizei o memcached pois não é um servidor de produção.
12-instalacao
Confirme a modificação no sistema com Y e aguarde a instalação.
13-instalacao
É comum do Zimbra tentar usar o hostname como se fosse o domínio, se isso acontecer corrija nesta etapa logo após a instalação dos pacotes, basta digitar o nome do domínio sem nenhum sufixo.
Se o Zimbra “reclamar” de o IP do MX não ser um IP da própria máquina, isso geralmente acontece quando o servidor não está diretamente na internet, não tem problemas, basta colocar No na pergunta: Re-Enter domain name? [Yes] No
Agora vamos fazer as configurações básicas do servidor nesta tela. Aqui digitamos o número do ítem que queremos configurar.
16-configuracao
Como quero criar uma senha para o administrador do Zimbra, vou digitar 3 depois 4
17-configuracao
Vou alterar também os emails de quarentena, spam e ham (email válido) para nomes mais simples. Os ítens 5, 7 e 8.
18-configuracao
Veja como ficou:
19-configuracao
Depois pressione r para voltar ao menu principal.
Se tudo estiver correto pressione a no menu principal para aplicar as configurações.
20-configuracao
Confirme salvar em arquivo, confirme o nome do arquivo (é bom copiá-lo em outro local para posteriores instalações) e confirme modificar o sistema.
21-configuracao
Se tudo ocorrer bem ele te perguntará sobre notificar sobre sua instalação, eu geralmente faço isso para que eles tenham estatísticas corretas e mais dados sobre o uso do produto.
Por padrão o Zimbra é configurado para ser acessado por HTTPS por questões de segurança, como não utilizamos certificados válidos seu browser pode reclamar :-), aceite o certificado e acesse o servidor. Nos artigos seguintes irei mostrar como modificar o Zimbra via linha de comando para ser acessado por HTTP também.
22-acessando
Ao logar você irá se deparar com esta tela:
23-tela-email
Enviando um email para confirmar o funcionamento do servidor.
25-email
Como nosso foco não é usar a tela de usuário, acho que vocês conseguirão aprender isso sozinhos :-), vamos para a administração, você pode fazer isso logando em https://mail.dominio.com.br:7071 ou já estando logado com a conta admin clicando no canto superior direito e Console do administrador.
24-mudar-console-admin
Esta é a tela inicial que você verá ao logar, tem os dados básicos e o status principal do administrador, a conta criada na instalação tem poderes em todo o servidor e sobre todos os domínios. O ideal é criar uma conta com menos poderes para administração de filas e contas, ou contas com poderes restritos para cada domínio neste servidor se possuir mais de um configurado. Vamos ver isso em artigos futuros.
26-console-admin
Para criar contas, clique em Gerenciar no canto superior esquerdo.
26-gerenciar
Como administrador geral, nesta tela você tem a listagem de todas as contas do servidor e seu último login basta rolar a tela para baixo que ele irá atualizá-la, para melhorar isso devemos ter administradores para cada domínio. Criaremos uma conta agora, para isso clique na engrenagem no canto direito e depois em Novo
28-gerenciar
Preencha os dados necessários e depois clique em Próximo, nesta etapa podemos ativar para esse usuário o Porta Arquivos (ideal para trocar arquivos entre usuários, internos ou externos, sem ter que colocar o arquivo como anexo), Cotas de disco, máximo de caracteres na senha e várias outras configurações. Mas para fazer isso de forma global veremos em outros artigos.
29-criar-conta
Essa conta de usuário comum será depois elevada a administrador desse domínio e apenas desse, não administrador global.
30-contas
Espero que esse artigo sirva de estopim para a criação de servidores de e-mail que estejam realmente sobre o controle das empresas, sobre total conhecimento dos programas que ele executa e principalmente a um custo muito menor que outras soluções proprietárias.
Lógico que esse artigo foi básico pois é a instalação, mas nos próximos nos aprofundaremos na interface administrativa e nos comandos para torná-lo um servidor robusto e muito interessante para seus negócios.
Tendo experiência com servidores de e-mail desde 2006 e com Zimbra desde 2009 sei que o serviço é importante demais para não confiarmos totalemente nos que utilizamos e por isso recomendo o Zimbra.
Até os próximos artigos e não se esqueçam de curtir, comentar e sugerir.

    Comments

    1. Avatar for Vagner Fonseca Sergio Peixoto Ferreira : 14 de agosto de 2019 at 6:15 pm

      Bom dia Vagner Fonseca, muito bom seu poste do zimbra, ainda sou verdinho no zimbra, administro o servidor de Exchange Server e System center, inclusive fiz o curso com vcs dessas ferramentas, mas a empresa querendo economizar trouxe a ideia do zimbra, tem algum documento bom de preparar um servidor zimbra ou curso com vcs? desde já agradeço.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    © 2019 All Rights Reserved. Cooperati. 

    Deseja uma consultoria especializada?