Dica do Dia – Ativar ou Alterar Alertas do SCOM

Olá Pessoal!
Hoje no Dica do Dia, trarei uma dica que julgo importantíssima para a equipe de SCOM (System Center Operations Manager).
No nosso dia a dia de TI, temos que estar sempre ligados no funcionamento adequado de nossa infraestrutura de TI, para oferecer aos nossos clientes, internos e externos, serviços de alta qualidade. O SCOM nos ajuda com essa atividade, trazendo para nós
– Dica do Dia
Demonstrar como alterar o comportamento de um alerta do System Center Operations Manager.
– Ferramentas
Console de Gerenciamento do System Center Operations Manager.
– Passos
No painel de monitoramento do System Center Operations Manager, observe o alerta informando que a instância do SQL Server apresenta um comportamento fora do padrão, onde há alguns processos bloqueando outros processos, ocasionando uma possível lentidão na instância. O interessante dos alertas do SCOM é que eles trazem dicas de como proceder na situação exposta, facilitando e muito a vida do técnico responsável.
Mas nossa dica é para demonstrar como alterar configurações do alerta, então vamos lá!
1. Clique com o botão direito do mouse em cima do alerta e vá em Open – Health Explorer;
fig01
fig02
2. Em seguida, clique com o botão direito do mouse no alerta em questão e vá em Monitor Properties;
fig03
fig04
3. Observe que há diversas opções e informações dos alerta. No nosso caso, iremos sobrescrever um comportamento do alerta, então selecione a aba Overrides;
fig05
4. Nesse passo você pode selecionar para que essa mudança se aplique apenas aquele objeto monitorado (no caso a instância específica do SQL), ou para o alerta em geral, para todos os objetos do ambiente monitorado.
fig06
5. Depois altere o valor, mudando o campo Override Value;
fig07
6. Selecione o pacote que você deseja aplicar (pode ser o padrão, ou um novo pacote de Template), e clique em OK e pronto!
fig08
A partir de agora, o alerta terá o comportamento que você definiu. Você pode colocar comportamentos como por exemplo:
– Habilitado ou desabilitado para determinado objeto:
– Tempo de monitoramento;
– Porcentagem, como por exemplo um monitoramento de espaço em disco, picos de processamentos, picos de uso de memória;
– Prioridade do alerta;
– Classificação do alerta e muito mais.
Bom é isso, espero que esse artigo ajude vocês no dia a dia!
Um forte abraço e até a próxima!
Alan Carlos
 
 
 

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    © 2019 All Rights Reserved. Cooperati.