Usando smb4k no openSUSE 12.3 sem senha de root

771px-Smb4k_screen
Já faz tempo que venho utilizando o smb4k em minhas estações de trabalho openSUSE, aliás tudo começou lá atrás quando comecei a usar Red Hat 7.1 e mais pra frente o Fedora, naquela época ainda trabalhava com o linneighborhood e logo que parti para o openSUSE, acho que era o 11.0, conheci o smb4k e não larguei mais.
Dentre as muitas funcionalidades do smb4k podemos destacar algumas:
-> Busca por grupos de trabalho, hosts e compartilhamentos;
-> Suporte aos sistemas de arquivos CIFS (Linux) e SMBFS (FreeBSD);
-> Montagem e desmontagem de recursos incluindo a desmontagem de uma só vez;
-> Suporte a WINS;
-> Suporte ao compartilhamento de impressoras;
-> Integração com o KDE Wallet Manager;
Entre outros…
Quando atualizei meu sistema para a versão 12.3, me deparei com uma nova política que causaria transtornos na minha rede, a solicitação de senha de administrador ao montar e desmontar recursos no smb4k. Busquei formas de desabilitar isso no próprio programa mas nada encontrei, foi quando me deparei com alguns relatos semelhantes no bugzilla.
https://bugzilla.novell.com/show_bug.cgi?id=812662
A solução foi mudar as políticas de segurança.
Editei o arquivo /etc/polkit-default-privs.local e inclui as políticas:
de.berlios.smb4k.mounthelper.mount auth_admin:auth_admin:yes
de.berlios.smb4k.mounthelper.unmount auth_admin:auth_admin:yes
Para que o sistema reconheca as novas definições é preciso executar este comando:
/sbin/set_polkit_default_privs
Para os que gostam de interface gráfica, basta ir em Configure Desktop -> Actions Policy -> se.berlios -> smb4k -> mounthelper -> Mount
Fonte:
http://lists.opensuse.org/opensuse-bugs
http://forums.opensuse.org
http://www.grim.se

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    © 2019 All Rights Reserved. Cooperati. 

    Deseja uma consultoria especializada?