Usando o módulo mod-spdy com o Apache


O módulo, em estado beta, foi criado pelo Google para acelerar o acesso Web e é um sério candidato para o protocolo HTTP/2.0, o desenvolvimento teve início em 2010 e após o início dos trabalhos permaneceu parado até Novembro de 2011. O módulo SPDY acrescenta novos recursos relacionados a velocidade, como a multiplexação de fluxo e compressão do cabeçalho.

Para utilizar o módulo SPDY precisaremos, é claro, do servidor Web apache com suporte a https habilitado e também precisaremos de um navegador web que possua suporte ao SPDY e o google chrome já possui suporte e brevemente o Firefox também o suportará.
Veja no vídeo abaixo como é sem o módulo SPDY e com o Módulo habilitado:


Vou utilizar para o exemplo o Debian Squeeze com o Apache2
Mãos a obra:
Habilitar o modulo SSL
# a2enmod ssl
# a2ensite default-ssl
Reiniciar o apache e testar com o navegador se está funcionando.
https://10.1.1.2

Instalar o modulo: mod-spdy-beta
Adicionar o repositório do google para o módulo:
# vi /etc/apt/sources.list.d/mod-spdy.list

# apt-get update
# apt-get install mod-spdy-beta
Reiniciar o apache
# /etc/init.d/apache2 restart
Agora vamos testar novamente a conexão https com o módulo spdy
Abra o google chrome e digite a url: https://10.1.1.2
Para verificar se o módulo SPDY foi realmente carregado digite a seguinte url: chrome://net-internals/#spdy

OBS.: Se acontecer de seu Chrome não estar com o suporte ao SPDY habilitado basta iniciar o mesmo com a seguinte opção --use-spdy=npn
Informação Adicional
Se você quiser servir conteúdo PHP sobre mod-spdy é altamente recomendável que você use mod_fcgid ao invés de mod_php que será executado em processo separado e assim aprimorar a segurança de seu servidor.
Links:
Página do projeto: http://code.google.com/p/mod-spdy/
SPDY google: https://developers.google.com/speed/spdy/
Espero que tenham gostado do post e não deixem de assinar o nosso portal e curtir nossa página no facebook.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    © 2019 All Rights Reserved. Cooperati. 

    Deseja uma consultoria especializada?