Implementação de Asterisk com FreePBX – Parte2 – [Custom Contexts – perfis de discagem]


Dando continuidade ao post anterior, vamos falar sobre a criação de contextos personalizados no FreePBX para ramais analógicos ou usuário SIP.
Um contexto para o Asterisk é propriamente dito um perfil de discagem, que cria dial plans específicos para cada grupo de usuários ou ramais.

O ‘from-internal’ é o contexto padrão do FeePBX e permite à qualquer usuário ou ramal utilizar qualquer rota que for criada, portanto, o ideal para quem ainda não dominou o conceito de dial plans é deixar o contexto ‘from-internal’ para cada extension que for criado.
Para customizar contextos no FreePBX, é preciso adicionar o módulo customcontexts, que pode ser facilmente baixado do repositório http://mirror.freepbx.org/modules/release/contributed_modules/ .
Após baixar este módulo, vamos aos procedimentos:
Fazer o upload do módulo e instalá-lo





 
Criar os contextos
Cada contexto pode ser configurado para direcionar chamadas para 1 ou mais rotas, que por sua vez, direcionam a chamada para cada tronco analógico ou digital.
Vamos criar alguns contextos que refletem o uso mais comum dessa prática no mercado:



É importante observar o campo Dial Rules pois ele deve conter as regras para toda e qualquer tipo de discagem possível de ser feita nesse perfil.
O campo ‘Set All To’ deve ser mudado para “Deny”, pois a política padão de ligações será restritiva, ou seja: “por padrão ninguém liga para lugar nenhum até que eu permita”.
Mais adiante, definimos quais rotas serão permitidas para o perfil que foi criado (‘fixo-local’). Neste caso, será apenas permitida a saída para a rota que aceita apenas ligações para telefones fixos locais:

Vamos criar agora o contexto para aceitar ligações para interurbano, que deverá incluir também ligações locais para fixo e celular:

 

 
Por último, o contexto para Celular interurbano (que pode usar qualquer uma das rotas):


Nunca esqueçam de salvar as alterações e recarregar o serviço no FreePBX.
Para testar estas regras, basta inserir os usuários no contexto acessando a seção Extensions e escolhendo o usuário, como abaixo:

 
Para visualizar o log das ligações em tempo real, siga a instruções de acesso remoto ao Asterisk no post anterior.
Boa sorte a todos!!
www.brunoodon.com.br

    Comments

    1. Olá bom dia .
      Muito bom esses seus posts,esta ajudando muita gente q nao tem condições de pagar um curso,assim com esses tutoriais nos ajuda muito!
      Uma pergunta,onde posso fazer o download da mesma versao q vc esta usando no tutorial a versao 2.7.0
      Eu estou seguindo seu tutorial e baixei a FreePBX distro nela esta a versao 2.9 e é um pouco diferente da versao 2.7,principalmente na parte das dial rules onde colocamos as regras de discagem !
      Obrigado e Parabens !

      • Bom dia José Augusto!!
        A Distro que eu utilizei foi o AsteriskNow, versão 1.7.1, que está disponível para Download em http://www.asterisk.org/downloads . Na verdade, trata-se de um CentOS com o asterisk e o FreePBX instalado. Uma das grandes vantagens do FreePBX, além da questão da facilidade de criação de ramais, regras e usuários SIP, é o fato de os usuários, os dial plans, os troncos e mais de 90% da configuração fica como registros em tabelas de um banco de dados do MySQL-Server.
        Obrigado José! Qualquer dúvida é só falar.

    2. Cara, muito bom esse seu topico, foid e grande ajuda.
      Poderia colocar pra gente quais os padrões utilizados nas rotas de saida pra poder ter uma base mais ampla ?
      Obrigado.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    © 2019 All Rights Reserved. Cooperati. 

    Deseja uma consultoria especializada?