Banco de dados

[MS SQL Server] – UPDATE com incremento

O script abaixo realiza uma tarefa interessante. Através dele é possível atualizar as linhas de uma tabela (ou um conjunto de linhas, caso um filtro seja aplicado) com valores incrementais (o valor inicial e o incremento podem ser definidos). — Criando tabela temporária para testes CREATE TABLE #tmp (id int primary key identity(1,1), counter int default 0) GO — Inserindo dados na tabela INSERT INTO #tmp DEFAULT VALUES GO 10 — Veja como está a tabela SELECT * FROM #tmp — PREENCHENDO O CAMPO counter Continue lendo

[ORACLE] – Formatação de Datas em texto no Oracle

Bom pessoal, segue abaixo formatação de datas para exemplo com os links para pesquisa quando necessário: SELECT to_char(SYSDATE, ‘DD/MM/YYYY HH24:MI:SS’) AS data_e_hora_inteira, to_char(SYSDATE, ‘HH24:MI:SS’) AS hora_inteira, to_char(SYSDATE, ‘HH’) AS hora_h12, to_char(SYSDATE, ‘WW’) AS SEMANA, to_char(SYSDATE, ‘W’) AS SEMANA1, to_char(SYSDATE, ‘IW’) AS SEMANA2, to_char(SYSDATE, ‘Day’, ‘nls_language =”BRAZILIAN PORTUGUESE”’) AS nome_dia, to_char(SYSDATE, ‘Month’, ‘nls_language =”BRAZILIAN PORTUGUESE”’) AS nome_mes, to_char(SYSDATE, ‘YEAR’, ‘nls_language =”BRAZILIAN PORTUGUESE”’) AS nome_ano, to_char(SYSDATE, ‘DD’, ‘nls_date_language = PORTUGUESE’) AS dia, to_char(SYSDATE, ‘MM’, ‘nls_date_language = PORTUGUESE’) AS mes, to_char(SYSDATE, ‘YYYY’, ‘nls_date_language = PORTUGUESE’) AS ano, to_char(SYSDATE, Continue lendo

[MS SQL SERVER] – Verificando a fragmentação de índices e fazendo sua reorganização

Para verificar a fragmentação dos índices rode o seguinte comando SQL (basta definir o nome da base na primeira linha): USE NomedaBase GO SELECT a.index_id, name, avg_fragmentation_in_percent FROM sys.dm_db_index_physical_stats (DB_ID(DB_NAME()), OBJECT_ID(N’dbo.OCR’), NULL, NULL, NULL) AS a JOIN sys.indexes AS b ON a.object_id = b.object_id AND a.index_id = b.index_id WHERE name <> ” ORDER BY avg_fragmentation_in_percent DESC; Recriar os índices de uma tabela via comando SQL (Basta definir o nome da tabela na primeira linha): ALTER INDEX ALL ON NomedaTabela REBUILD WITH (FILLFACTOR = 80, SORT_IN_TEMPDB Continue lendo

[MS SQL SERVER] – Fazendo backup pela linha de Comando

Bom pessoal, vamos compartilhar aqui a forma de fazer backup no SQL Server pela linha de comando: SQLCMD -SBDTESTE -Usa -Pteste -Q “BACKUP DATABASE [TESTE] TO DISK = ‘F:\TESTE\Backup_teste.bak’” SQLCMD é o utilitário de linha de comando do MS SQL Server. No parâmetro -S é para informar o nome do servidor ou ip do servidor. no parâmetro -U é para informar o usuário que efetuará o backup. no parâmetro -P é para informar a senha do usuário. no parâmetro -Q é para informar a sintaxe Continue lendo

[MS SQL SERVER] – Verificar Arquivo do Banco de dados mais utilizado

Frequentemente precisamos monitorar a utilização de I/O e saber qual arquivo é o mais utilizado em uma base que possui vários arquivos é muito importante. Suponhamos que você isolou a tabela mais utilizada em 3 arquivos diferentes. Agora para saber qual destes arquivos é o mais utilizado, ficou um pouco mais difícil. Para facilitar, podemos utilizar o script abaixo: SELECT DB_NAME(DB_ID()) AS [Database Name],[file_id], num_of_reads, num_of_writes, io_stall_read_ms, io_stall_write_ms, CAST(100. * io_stall_read_ms/(io_stall_read_ms + io_stall_write_ms) AS DECIMAL(10,1)) AS [IO Stall Reads Pct], CAST(100. * io_stall_write_ms/(io_stall_write_ms + io_stall_read_ms) AS Continue lendo

[MS SQL SERVER] – Verificando o espaço usado por tabelas e bases de dados

Tamanho das Tabelas sp_spaceused teste A sintaxe sp_spaceused exibe, respectivamente, o nome da tabela (name), número de linhas (rows), espaço reservado para a tabela (reserved), espaço usado pelos dados na tabela (data), espaço usado pelos indexes da tabela (index_size) e espaço sem uso na tabela (unused). Se nenhuma tabela for especificada, serão exibidos dois resultados: – nome da base de dados (database_name), tamanho da base (database_size) e espaço não alocado (unallocated space). – espaço reservado (reserved), espaço usado por dados na base de dados (data), Continue lendo

[PostgreSQL] – Efetuando Backup

1) Backup de BD # Comando de Backup dos BD # -v VERBOSE DA CONEXÃO # -o OIDS, ????????? PRECISA REALMENTE OU SÓ SE TIVER “lo” ?????? # -b “lo”, BLOBS # -i IGNORAR VERSAO # -Z1 a Z9 COMPRIME O BACKUP, 0=MENOR, 9=MAIOR COMPRESSAO. # -Fc TIPO DE ARQUIVO “c” CUSTOMIZADO PARA ARMAZENAR OS BLOBS # -f ARQUIVO DE DESTINO # -W SOLICITA SENHA PARA AUTENTICAÇÃO pg_dump -h 127.0.0.1 -U postgres -W -v -o -b -i -Z9 -Fc -f “c:\dump\backup_zeus.sql” “zeus” 2> “c:\dump\backup_zeus.log” # Continue lendo

[PostgreSQL] – Criando Usuários, Tablespaces, Databases e Schemas

— Criando Usuário no PostgreSQL — CREATE ROLE zeus LOGIN ENCRYPTED PASSWORD ‘Teste,.123’ SUPERUSER INHERIT CREATEDB CREATEROLE REPLICATION; — Criando Tablespaces no PostgreSQL — CREATE TABLESPACE tbs_zeustab OWNER zeus LOCATION ‘C:\postgres\zeus\tablespaces\tab’; CREATE TABLESPACE tbs_zeusindx OWNER zeus LOCATION ‘C:\postgres\zeus\tablespaces\indx’; CREATE TABLESPACE tbs_zeuslob OWNER zeus LOCATION ‘C:\postgres\zeus\tablespaces\lob’; — Criando Banco de dados vinculando os tablespace de armazenamento do usuário — — criando banco de dados com collate ‘UTF8’ CREATE DATABASE zeus WITH OWNER = zeus ENCODING = ‘UTF8’ TABLESPACE = tbs_zeustab LC_COLLATE = ‘Portuguese_Brazil.1252’ LC_CTYPE = ‘Portuguese_Brazil.1252’ Continue lendo

Instalando MS SQL Server 2012 – Passo-a-Passo

Este artigo tem objetivo de demonstrar os passos para instalação de um banco de dados MS SQL Server 2012. Como muitos sabem a maioria dos programas da Microsoft não existe segredo durante a instalação e sim planejamento e dimensionamento corretos. 1 – Ao executar o instalador do SQL Server 2012 abre a tela da Central de Instalação do SQL Server. Na seção planejamento a Microsoft disponibiliza varios artigos que é recomendado a leitura antes da instalação. 2 – Clicando em Instalação, selecione a opção “Nova instalação Continue lendo

[Oracle] – Comandos Básicos SQL*PLUS

Neste Post , irei demonstrar a utilização de comandos básicos do SQL*PLUS. Estes comandos abaixo são geralmente utilizados para manipulação de queries e arquivos “.sql” para serem executados ou editados pelo SQL*PLUS. O Banco de dados utilizado para executar estes comandos foi o Oracle Database 10G XE, nisso também, podemos executar em versões posteriores como o Oracle Database 11G XE. Easy Connection: sqlplus <user>/<password>@<db_ip>/<db_name> Comandos SQL*PLUS   desc(ribe) <tabela> detalha tabela     select user from dual seleciona o usuario logado no banco select * from dual tabela Continue lendo

[PL/SQL] – Habilitando Debug de Conexões no Oracle

Bom pessoal, vou deixar uma dica rápida para aqueles que desenvolvem em PL/SQL Oracle para utilizar a opção de Debug pelas ferramentas de desenvolvimento SQL Developer da Oracle e PL/SQL Developer da Arround Software: grant debug connect session to teste; grant debug any procedure to teste; A dica é simples, mais pode ajudar a desenvolvedores e DBAs iniciantes que precisem utilizar o Debug de Conexões Oracle para desenvolver aplicações em PL/SQL. Que a Graça e Paz estejam com todos.