Redes Wi-Fi, Wireless, IEEE 802.11 Você sabe a diferença?

Meu nome é Allex Oliveira nesse artigo irei abordar sobre uma confusão de termos que vejo acontecendo muito no dia a dia no universo das redes sem fios, seja entre técnicos da área de TI ou até mesmo entre vendedores.

Então para esclarecer isso de uma vez e até para deixar mais fácil o entendimento de alguns artigos que estou escrevendo, resolvi escrever esse mini artigo de forma bem simples e direta

Qual a diferença? Redes Wi-Fi, Wireless ou IEEE 802.11

1) Wireless

O termo wireless significa em tradução literal do inglês, sem fio. Dentre alguns sinônimos para a comunicação wireless, temos comunicação sem fio, computação móvel e redes de computadores sem fio.

A comunicação sem fio é baseada em estabelecer uma comunicação por meio do ar, utilizando o espaço como meio de transporte. Alguns exemplos desse tipo de comunicação são as transmissões via rádios AM e FM e canais de televisão. Podemos citar ainda o próprio controle remoto da televisão como um dispositivo wireless, uma vez que não são necessários fios para que ele se comunique com a TV, sendo utilizada a tecnologia sem fios infravermelho.

2) IEEE 802.11

Foi necessário criar um padrão para que equipamentos de rede sem fio se comunicassem independente do fabricante, pois devido a proliferação de padrões que vários fabricantes estavam comercializando, um computador com o rádio da empresa X não funcionaria em uma sala com a estação base da marca Y. Esse padrão é o IEEE 802.11 e toda a família que foi criada depois, desenvolvida pelo Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos, fundado nos Estados Unidos. Outro padrão bem conhecido para redes é o 802.3, padrão Ethernet.

O IEEE instaurou um comitê em 1991 para estudar e definir os padrões de comunicação em redes sem fio. Em 1997 foi aprovado o padrão 802.11, suportando transmissões de 1 e 2 Mbps. Em 1999, 2 anos mais tarde, foram aprovados os padrões 802.11a e 802.11b. A partir disso as pesquisas em comunicações wireless se intensificaram, com estudos e desenvolvimento de vários padrões: 802.11a/b/c/d/e/f/g/h/i/j/k/n/p/r/s/u/v/z/w/y/z/aa/ac/ad/ae/af/ah/ai/aj/ak /aq/ax/ay/az/ba/mc/md.

Dentre os principais padrões estão os IEEE 802.11 a/b/g/n/ac/ad/ax.

3) Wi-Fi

Com o objetivo de gerar a melhor experiência do usuário com conexões de rede sem fio, foi criada a Wi-Fi Alliance por várias empresas em 1999, sem fins lucrativos.

A Wi-Fi Alliance certifica os produtos que funcionam nos padrões de conectividade e segurança estabelecidos por eles, para garantir que todos os equipamentos que possuam um selo Wi-Fi, comuniquem-se com outros equipamentos que possuam a mesma certificação. Portanto um equipamento cliente wireless certificado com o selo Wi-Fi CERTIFIED n por exemplo, irá se conectar em qualquer servidor wireless (access point) que possua esse mesmo selo, em qualquer lugar do mundo. Uma exceção a esse caso é a utilização dos canais 12, 13 e 14 da faixa de 2.4Ghz em países nos quais existem alguma limitação imposta pelas leis locais.

Existem 6 categorias dos programas de certificação da Wi-Fi Alliance: conectividade, segurança, acesso, aplicações e serviços, otimização e capacidades adicionais.

Na categoria conectividade, existem 6 selos de certificação, baseados nos padrões wireless IEEE 802.11, especificamente os do grupo 802.11a/b/g/n/ac/ad, respectivamente com os selos Wi-Fi CERTIFIED a, Wi-Fi CERTIFIED b/g, Wi-Fi CERTIFIED n, Wi-Fi CERTIFIED ac e Wi-Fi CERTIFIED WiGig, além do selo de certificação Wi-Fi Direct, que certifica equipamentos para conexão peer-to-peer.

Um dos parâmetros que o padrão Wi-Fi impões para uso em seus equipamentos, é a restrição da largura do canal. Na banda de 2.4GHz, a Wi-Fi padroniza o uso de canais de 20MHz e 40MHz.

Na banda de 5GHz, podem ser utilizados canais de 20MHz, 40MHz, 80MHz e 160MHz. Com o novo padrão 802.11ax, poderão ser utilizados canais com largura de 800MHz.

Portanto se o dispositivo que você estiver utilizando permitir fazer alterações na largura do canal diferente dos padrões Wi-Fi, 5MHz por exemplo, esse equipamento não é certificado pela Wi-Fi. É muito comum equipamentos de enlace de dados, como os rádios da Mikrotik ou Intelbrás não terem certificação Wi-Fi, pois podem ser configurados fora do padrão, por exemplo com canais de 5MHz.

 

Mesmo sendo algo tão simples, acredito que o mundo das redes wireless será melhor compreendido após a leitura desse texto.

Ah, só mais uma coisa

Deixe um comentário sobre o que achou do artigo e compartilhe esse post no Linkedin e Facebook, pois dessa forma você me ajuda divulgando meu trabalho e ajuda outras pessoas com essas informações que considero muito importantes, principalmente no mundo Wi-Fi em que vivemos. Obrigado!

Grande abraço.

Allex Oliveira
Co-founder Nextec IT Solutions
Certificado UEWA – Ubiquiti Enterprise Wireless Admin
 

P.S. Me siga nas redes sociais e acompanhe meu conteúdo:
Linkedin: https://goo.gl/jWnVMo
Facebook: https://goo.gl/9MHnWU
Youtube: https://goo.gl/hFDdwX
Instagram: https://goo.gl/v7S53n