Como fazer o inventário de rede utilizando o MAP Toolkit

Problema

Hoje meu artigo vai para os profissionais de TI, que em seu portfólio de clientes incorporam pequenas empresas.

Este profissional de TI sempre se depara com um problema: a documentação do ambiente de tecnologia da informação dessas empresas. Na maioria das vezes não há documentação e isso complica o trabalho pois o volume de informações é desconhecido. Da mesma forma, fazer uma migração de servidor sem a noção do ambiente é algo mais complicado ainda.

Geralmente ambientes de tecnologia da informação em empresas pequenas são sistemas operacionais já não mais suportados pela Microsoft, como Windows 2000 Server, Windows 2003 Server, Windows 2000 Profissional, Windows XP e Windows Vista. Isto torna a migração para sistemas operacionais atuais ainda mais complexo.

Inventariar todas as informações de uma empresa pequena parece ser uma tarefa muito fácil, por causa de poucos computadores conectados à rede lan local da empresa, porém não é bem assim. Quando na maioria das vezes não possuem um Active Directory instalado, ou quando o tem, as informações estão desatualizadas, o que não faz nenhum sentido para um inventário.

Solução

Para resolver esse problema a Microsoft possui uma ferramenta muito produtiva, mas que é pouco conhecida pela maioria dos profissionais de tecnologia da informação.

O nome dessa ferramenta é o MAP (Microsoft Assessment and Planning Toolkit), com a versão atual 9.6, permite avaliar e relatar Windows Server 2016, bem como verificar se seu ambiente está preparado para migração do Windows 10 e também preparar suas máquinas virtuais para ambiente Azure.

O MAP 9.6 pode avaliar os seguintes sistemas operacionais:

Windows 10 ‎

‎Windows 8.1 ‎

‎Windows 8 ‎

‎Windows 7 ‎

‎Windows Vista * ‎

‎Windows XP * ‎

‎Windows Server 2012 ‎

‎Windows Server 2008 R2 ‎

‎Windows Server 2008 ‎

‎Windows Hyper-V Server 2008 R2 ‎

‎Windows Hyper-V Server 2008 ‎

‎Windows Server 2003 R2 ‎

‎Windows Server 2003 ‎

‎Windows 2000 Server ‎

‎Windows 2000 Professional ‎

‎Linux * * ‎

‎HP-UX ‎

‎VMware ESXi ‎

‎VMware ESX ‎

‎VMware servidor v2

Nota:‎‎ ‎

‎ * Versões Home do Windows XP e Windows Vista não tem WMI habilitado e geralmente não serão inventariadas pela ferramenta do mapa.

‎ * * Testado em distribuições do Linux são CentOS, Ubuntu, Suse e Red Hat. No entanto, distribuições que oferecem suporte a SSH e use o dpkg ou rpm para instalações podem conseguir inventariar.

Para inventariar sua rede não é necessário instalar algum aplicativo em todos seus computadores da sua rede. Basta, apenas, instalar o MAP em um computador, que seja um dos sistemas operacionais abaixo:

Windows 10, Windows 7 Service Pack 1, Windows 8, Windows 8 Enterprise, Windows 8.1, Windows Server 2008 R2 SP1, Windows Server 2012, Windows Server 2012 R2.

Também existe configurações mínimas para o computador que será instalado o MAP, como:

Um processador de 1.5GHz dual-core

2,0 GB de RAM

1 GB de espaço disponível em disco

Placa de adaptador de rede

Placa gráfica que suporte resolução de 1024 x 768 ou superior. A 1024 x 768, usando uma configuração de DPI de mais de 100% não é suportado. Em resoluções mais altas, são suportadas configurações de DPI superiores a 100%.

Instalação de todas as atualizações para o sistema operacional.

Em alguns casos as atualizações podem não instalar automaticamente.

Para baixar as atualizações para o seu computador manualmente, vá para http://update.microsoft.com

Por padrão, o MAP Toolkit irá instalar o SQL Server 2012 Express LocalDB. É possível, tambem, usar uma instalação existente do SQL Server 2008, SQL Server 2008 R2 ou SQL Server 2012. Para isso, cria-se uma instância nomeada “Mapas” antes de executar o instalador de MAP Toolkit. O MAP Toolkit requer a ordem de agrupamento do mecanismo de banco de dados definida como “SQL_Latin1_General_CP1_CI_AS”.

Alguns destes pré-requisitos solicitam reiniciar seu computador. Você precisar reiniciar várias vezes quando todos os pré-requisitos não são atendidos antes de executar a instalação do Microsoft Assessment and Planning Toolkit.

Requisitos do cenário-dependente:

Para máquinas que serão usadas para executar o Forefront Endpoint Protection uso de rastreamento, monitoramento de uso do Lync, controle de uso do Exchange Server ou cenários de licenciamento por Volume, por favor, o PowerShell 2.0 ou superior deve ser instalado.

Para máquinas que serão usadas para coletar informações de esquema do Oracle, é indicado que o cliente Oracle de 64 bits seja instalado na máquina para coletar as informações de esquema de mapa. Se o cliente de 64 bits não está instalado, mapa só será capaz de coletar informações de instância. MAP não coletará informações de esquema se o cliente Oracle de 32 bits é instalado.

Nota: Inventário, avaliação e relatórios de desempenho baseiam-se principalmente na velocidade da CPU e a quantidade de RAM disponível.

Para maiores informações acesse: https://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/1643.microsoft-assessment-and-planning-toolkit-frequently-asked-questions.aspx (conteúdo em inglês)

O MAP faz parte das ferramentas utilizadas pela SAM para inventário.

O que é SAM?

O Gerenciamento de Ativos de Software (SAM) é um conjunto de práticas de TI comprovadas que reúnem pessoas, processos e tecnologia para controlar e otimizar o uso de software em uma organização. O SAM pode ajudar você a controlar custos e a gerenciar riscos de negócios e legais, otimizar investimentos em licenças de software e expandir seus sistemas de TI para acomodar as necessidades crescentes de sua organização.

Para saber mais sobre SAM acesse: https://www.microsoft.com/pt-br/sam/default.aspx

Facilite inventariar e avaliar sua infraestrutura de TI e determine as tecnologias certas.

Para começar o MAP é gratuito, não tem necessidade de instalação de agente. Criada para simplificar e dinamizar o processo de planejamento de infraestrutura de TI em vários cenários por meio de descoberta e avaliações automatizadas em toda a rede.

Funcionalidades do MAP

O MAP inventaria hardware, software e sistemas operacionais de computador em ambientes de TI pequenos e grandes sem a necessidade de instalar software nos computadores de destino. Os dados e a análise fornecidos pelo MAP podem ajudar a dinamizar o processo de planejamento para migração de softwares, avaliar a disponibilidade de drivers de dispositivos e permitem a você fazer recomendações de atualização de hardware. O MAP também coleta medições de desempenho de computadores que você esteja considerando para virtualização e inclui um recurso para modelar uma biblioteca de configurações de hardwares de host e de armazenamento potenciais.

Benefícios do MAP

O MAP é usado para avaliação e planejamento multiproduto. Ele avalia um ambiente de rede usando tecnologias de coleta de dados sem agente para colher informações de inventário e desempenho. Depois fornece relatórios de avaliação para ajudar a organização no planejamento de infraestrutura de TI. As principais áreas de planejamento cobertas pelo MAP são:

  • Planejamento de migração
  • Consolidação/Virtualização
  • Planejamento de nuvem privada/pública
  • Rastreamento de uso de softwares

Para começar, faça o download do MAP no link abaixo: https://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=7826

Então vamos ao vídeo onde será demostrado a instalação do MAP versão 9.6 e também como liberar o firewall em diversos sistemas operacionais antigos, como Windows Server 2003 R2 e Windows Server 2008 R2. Além disso, será demostrado como executar os principais cenários de inventários no MAP, como inventário de hardware e também de migração de servidores para Windows Server 2016.

Como conteúdo extra vou disponibilizar para vocês, um script de Powershell para automatização da liberação das portas no firewall, necessárias para obter sucesso no inventário dos computadores e servidores, bem como o vídeo demostrando o passo a passo como automatizar a liberação das portas do firewall através de GPO.

Outro conteúdo extra que será disponibilizado é a tradução dos principais relatórios de inventários de cenários que são gerados pelo MAP. Ao criar um inventário de algum cenário, o documento gerado pelo MAP está no idioma inglês, para facilitar, fiz a tradução para ao português, auxiliando assim no entendimento dos resultados gerados pelo MAP Toolkit.

Para baixar o conteúdo extra, responda a pesquisa de satisfação, colocando o seu e-mail.

O conteúdo extra será enviado para o e-mail cadastrado.

Clique aqui para responder a pesquisa de satisfação.