Descubra o Powershell

Gartner acredita que um único analista é capaz de administrar 500 servidores virtualizados. Grandes empresas como Microsoft e Facebook conseguem ter resultados ainda maiores tendo 1 profissional cuidando de até 3000 servidores.

Estas ações são possíveis devido a sistemas mais estáveis e mecanismos para automação de tarefas através de scripts.

cooperati

No Windows contamos com o Powershell que é uma linguagem script baseada no .NET Framework e largamente utilizado para administração de servidores.

Os comandos são executados em uma console similar ao prompt de comando (cmd).

powershellconsole

Assim como o Windows o Powershell foi desenhado para atuar diretamente com objetos.

Podemos citar como objetos processos do sistema, uma máquina virtual ou uma caixa de correio eletrônico do Exchange.

Os scripts viabilizam desde a criação de contas de usuário em massa quanto obter as informações de um processo ou serviço.

Exemplo de utilização do Powershell

Para exibir uma lista com todos os serviços, independente do seu estado executados o comando: Get-service

get-service-powershell

Nas propriedades de um Serviço conseguimos identificar:

Powershell

Isto nos permite restringir uma busca ao preenchimento de uma condição.

Para localizar o serviço WebClient executamos:

Para executar determinados comandos e scripts é exigido permissão administrativa para garantir a segurança do que é executado no ambiente.

Existem políticas para execução de códigos que auxiliam nesta proteção, estas são:

Execute o comando Get-ExecutionPolicy a política definida e suas características.

Para detalhes sobre as políticas acesse este link.

Conclusão

Esta foi uma breve introdução ao Powershell e seu funcionamento. Em breve teremos mais artigos sobre essa ferramenta.