Monitoramento infraestrutura – Primeiros passos – OpManager

opmanager_dashboard_api

Fiz alguns posts sobre o OpManager e agora irei falar um pouco sobre os primeiros passos antes da instalação e após também. Essas dicas/primeiro passos pode ser utilizado para qualquer ferramenta de monitoramento, estou dando ênfase no OpManager por conhecer e já ter trabalhado com ele.

  • Primeira coisa que temos ver é o nosso cenário:
    • Onde estão nossos dispositivos?
    • Todos na mesma rede?
    • Vamos monitorar as filiais?
    • Temos VPN ou vai ser a internet como meio de comunicação?
    • Range de IPs

Baseado nessas respostas iremos escolher a versão do OpManager, nesse link explico um pouco sobre a versão, inclusive a versão FREE que atende até 25 devices.

  • Segunda coisa a fazer é definir o que iremos monitorar:
    • Servidores
    • Firewall
    • Switchs
    • Ambientes virtuais HyperV e VMware
    • Impressoras
    • Workstations
      • Normalmente não são monitoradas, mas pode ter algum usuário VIP
    • Roteadores
    • Links
    • Wireless
    • Storage
    • NoBreaks
    • URLs
    • VOIP
    • Aplicações default do OpManager:
      • Active Diretory
      • Exchange
      • SQL Server

opmanager_snapshot_api  opmanager_snapshot_old_version

opmanager_snapshot_old_version

opmanager_active_diretory

Pode ser monitorado qualquer coisa que tenha IP, as métricas é que vão depender do equipamento, que normalmente podemos pegar através das MIBs. Irei comentar sobre isso nos próximos posts.

Na questão de aplicações o OpManger consegue monitorar essas três por default, mas é possível através de plugin do Application Manager monitorar muito mais, mas isso é assunto para outro post.

Definimos o que iremos monitorar, próximo passo é definir quais protocolos/credenciais iremos usar e a frequência desse monitoramento.

  • Podemos escolher trabalhar com todos esses:

o   SNMP v1/v2

o   SNMP v3

o   Windows/WMI

o   Telnet/SSH

o   VMware

o   UCS

  • Intervalo de monitoramento

o   Servidores: 5 minutos

o   Switch: 10 minutos

o   Firewall: 1 minuto

o   Fazer isso para todos os equipamentos

  • Para cada métrica de monitoramento teremos intervalos diferentes conforme a necessidade do ambiente:

o   Disk Utilization: 60 minutos

o   CPU Utilization: 15 minutos

o   Memory Utilization: 15 minutos

o   Fazer isso para todas as métricas utilizadas

Todas essas informações devem ser documentadas e aprovadas pelo cliente. Apesar que normalmente isso tudo é feito juntamente com o cliente, assim que finalizar essa primeira etapa é só enviar para ele por e-mail e deixar tudo documentado.

Com essas informações nosso próximo passo é adicionar no OpManager e realizar a varredura. Nesse momento estamos monitorando nossos dispositivos, nosso próximo passo agora é:

  • Criar grupos e organizar
  • Tipos de alertas
  • Definir os grupos de notificação
  • Preparar os diagramas e fazer upload
  • Montar os mapas
  • Criar campos personalizados
  • Definir processos que iremos monitorar
  • Logs que queremos ser alertados
  • Arquivos e pasta, monitorar?
  • Escalar Alarmes?
  • Manutenção programada
  • Gerenciamento de usuários
  • Relatórios

Mas isso será para próximo post, vejo vocês lá.

OpManager – Monitoramento de Rede – Eficiente e Econômico – FREE

OpManager – Licença FREE 25 devices

 

  • Evandro Donel Foster

    Realmente o monitoramento do OpManager é muito bom e eficaz. Uma dica para quem utiliza VmWare, é possivel adicionar o HOST ESX e ele faz o discovery automático de toda as VM’s.. existem varias outras funcionalidades na ferramenta que facilita muito o dia a dia da ti.. Utilizamos o OpManager para monitorar mais de 500 devices…
    Para banco de dados, servidores de aplicação utilizo o Application Server que é muito eficaz também, porém bem mais caro $ a licença..

  • Douglas Beltrao

    Muito bom, Tiago;. Aguardando os próximos posts!

  • @Evandro obrigado pelo feedback. O APPM existe também a versão para 4 aplicativos básicos. Para os demais só com a licença e mais alguns somente com add-on.

    @Douglas obrigado pelo feedback. Aguenta ai que vai sair rsrs

  • Corrigindo, a versão FREE do APPM é para 5 aplicações.

  • Marina

    Juro que não entendi essa parte: “Normalmente não são monitoradas, mas pode ter algum usuário VIP ” Roteadores, Links, Wireless. Storage, ,NoBreaks, URLs, VOIP e aplicações”?

    Isso a ferramenta não faz ou você não monitora? Roteador, link, storage, web, voip são totalmente críticos para o negocio.

    E vc monitora estações de trabalho?

  • José Carlos

    Parabéns!
    Excelente abordagem.

  • @Marina estou usando estrutura de tópicos nesse item e essa frase está logo abaixo de Workstation. Quero dizer que as workstation normalmente não monitoradas, mas as vezes pode ter algum usuário VIP e tenha essa necessidade.

    O OpManager monitora qualquer coisa que tenha IP. As métricas iram depender da MIB, por exemplo, Firewall modelo ABCDE, a disponibilidade iremos monitorar com certeza, as outras informações como CPU, memória, temperatura, etc. O que a MIB nos disponibilizar conseguimos adicionar e monitorar. Adicionar alertas, notificações e relatórios.

    @José Carlos obrigado pelo feedback.

    • Marina

      Ah Sorry, entendi agora Tiago, ótima postagem sobre o assunto. E o que monitorar(métrica) em cada tópico supracitado para garantir a saúde desses ICs. E no caso desse workstation vip, poderia citar exemplo(s) dessa exceção?

      • @Marina quando temos algum diretor ou gerente em que a workstation dele é muito importante e precisa ser monitorada.

        Outro exemplo também quando algum usuário reclamar de lentidão, adicionamos a estação de trabalho no monitoramento. Inclusive monitoramos todos os processos da máquina para identifica qual aplicação esta usando mais recurso.

  • Marina

    Estarei esperando os próximos posts Tiago, vai ficar bem lega, qual previsão do próximo, vai ser semanal as postagens? Abs

    • @Marina pretendo manter um a dois posts por semana, mas de diversos assuntos. Hoje por exemplo, saiu um de Kaspersky.
      Bem provável que semana que vem irá sair a parte 2 do OpManager.

  • Luiz

    Buenas amigo…. gostei bastante da publicação, comecei a implantar aqui na empresa, só que não estou conseguindo fazer funcionar a comunicação via snmp. Já fui nos recursos do windows e adicionei, configurei como está no userguide do opmanager, só que fica dando erro de autenticação.

    Agradeço se puder me ajudar.

  • José Henrique

    Amigo, ótimo post. Grato!
    Ficou uma dúvida, como fazemos para monitorar os clientes? Precisamos instalar algum agente? Basta configurarmos SNMP em cada máquina?

  • José Henrique

    O monitoramento padrão é por ICMP, o que só nos informa o status, não identificando mais nada.