Como Aproveitar ao Máximo o Armazenamento SSd

Como todos já sabem, o intuito principal do SSd é melhorar o tempo de leitura dos dados do sistema operacional, através da sua memória Flash; isso porque o HD convencional não processa as  informações da melhor maneira possível.

Hoje vamos dar algumas dicas para você otimizar ainda mais o tempo de carregamento dos dados, através do SSd; usaremos o Windows  para realizarmos algumas das dicas aqui apresentadas, confira.

  •  Gerenciamento correto dos dados armazenados

1

Primeiramente, saiba que será preciso ter um SSd e um HD para que o fluxo de informações seja lido corretamente. O ideal é que você tenha um HD de pelo menos 1 TB, para armazenar todos os seus dados.

Claro que isso é um critério pessoal de cada um, e deve ser baseado de acordo com as suas respectivas necessidades. Digo isso pelo fato de que  não se pode concentrar todos os dados no SSd.

Como ele é um tipo de armazenamento fugaz, o ideal é que você instale o sistema operacional nele, e também todos os softwares e jogos preferidos. Já os programas ou jogos secundários, podem ser instalados diretamente no HD convencional.

2Esse método é muito importante pois, o sistema é a alma do computador, portanto ele não pode ser instalado no HD, tendo você um SSd disponível . E as ferramentas mais importantes obrigatoriamente devem ser instaladas também no SSd, por serem as mais importantes, e que ganharão maior desenvoltura.

O HD convencional, além de armazenar os softwares que são menos utilizados, também será usado para guardar os demais arquivos como músicas, filmes, vídeos e outros.

Manjou a sacada? O primordial, que é o sistema e os programas principais, são instalados no armazenamento mais veloz, que é o SSd. A explicação para este método é simples: mesmo o SSd tendo uma performance acima do normal, não é nada interessante tê-lo completamente recheado de arquivos desnecessários ou softwares que pouco são utilizados.

Pois se isso ocorrer, os benefícios que ele traz podem ficar comprometidos, pelo alta demanda que ele receberia.

  • Fazendo o Windows usar todo o potencial

3Nas opções de energia, o Windows disponibiliza um certo nível para a utilização do mesmo, nível esse que vai de baixo ao alto desempenho. Esse fator de energia é muito importante, pois se um computador é mal alimentado, obviamente ele fica desnutrido, tanto é que existem as fontes de energia para realizar tal procedimento.

Por padrão o Windows vem com um nível de distribuição normal, e isso não é algo bom. Para um melhor desempenho no PC como um todo, e também no que se refere ao desempenho do SSd na leitura dos dados, recomendamos veementemente que o plano de energia do seu Windows esteja no máximo.

Para alternar o plano de energia, vá até o painel de controle e acesse  as  Opções de Energia. Também é possível acessar essa opção através de uma rápida busca, para isso, digite no campo de busca do menu iniciar  o termo Opções de Energia, e clique sobre a opção correspondente.

4Conforme a imagem acima nos mostra, temos que colocar o plano de energia do Windows em alto, a partir daqui, poderemos ter a certeza de que o nosso SSd não  terá problemas quanto a falta de energia distribuída.

Todavia se você utiliza um notebook, devemos ressaltar que a bateria sofrerá com esta configuração. Pois, quanto maior for o plano de energia, maior será o desempenho do dispositivo, todavia o consumo também será elevado.

Por isso, é importante você fazer uma breve análise sobre essa função. Se por exemplo você for viajar, obviamente uma tomada poderá ser um artigo de luxo, e neste caso o alto desempenho não se torna muito atrativo para o consumo prolongado.

  • Desabilitar a hibernação é uma boa opção

Hibernação, está aí um termo muito pouco utilizado nos computadores. Porém, por infelicidade total, esse recurso do Windows gasta muito espaço, e desnecessariamente.

Portanto vamos desabilitá-lo para que o mesmo não gaste memória do nosso SSd sem a real necessidade, já que o sistema operacional está instalado no armazenamento SSd.

Vá até o prompt de comando, para isso acesse o menu iniciar, e no campo de busca digite cmd. Execute-o como administrador, para isso, clique com o botão direito do mouse sobre o resultado achado na pesquisa, e escolha Executar como Administrador.

5Dentro da tela de comando, digite powercfg -h off. Esse simples código fará com que a função hibernar seja desabilitada literalmente. Caso queira habilitá-la novamente, basta mudar o termo off para on.

  •  Uso do Readyboost

Para quem não conhece, o Readyboost é uma ferramenta genuína do Windows que auxilia no carregamento dos dados, quando o hardware responsável estiver sobrecarregado de tarefas.

Para configurar o ReadyBoost, você precisará de um pendrive ou HD externo. Plugue o dispositivo de armazenamento na porta USB, e formate a unidade de memória.

O que você tem que fazer agora é acessar a unidade do pendrive que você plugou e formatou no computador (este serviço está disponível para Windows 7 e Windows 8).

No Windows 7 vá até o Menu Iniciar e acesse Computador. Vendo a unidade referente ao disco de armazenamento, clique com o botão direito do mouse e selecione Propriedades.

6Neste momento você será direcionado para uma tela contendo algumas abas refente ao dispositivo de armazenamento. Dentre todas as opções existentes, escolha ReadyBoost.

O legal de tudo é que o Windows te possibilita escolher entre dedicar a memória total do pendrive para o ReadyBoost, ou escolher a quantidade que desejas dedicar ao serviço.

Para usar a memória total do dispositivo, marque a opção Dedicar este dispositivo ao ReadyBoost. Para selecionar a quantidade de memória específica, basta marcar Usar este dispositivo. Ao final de tudo, basta confirmar o processo com um OK.

7A partir de agora o seu Windows se beneficiará deste belíssimo recurso que a Microsoft disponibiliza. Quando o seu computador tiver tendo dificuldades para executar tarefas, automaticamente este auxiliará o seu PC.

É importante também frisar uma questão: sempre apague arquivos desnecessários do seu computador, pois quanto mais lotado tiver o disco rígido do seu computador, mais problemas o sistema terá para processar as informações devidamente, principalmente se o seu HD for pequeno.

Isso também vale para programas sem utilidade. E além disso, existem diversas ferramentas que fazem uma limpeza geral no seu PC, uma das mais conhecidas é o CCleaner. Este software é capaz de pesquisar arquivos desnecessários no seu sistema e apagá-los.

Caso você decida desativar o ReadyBoost, basta formatar o seu Pendrive. Todavia se você dedicou apenas uma parte da memória do dispositivo de armazenamento, o restante da memória poderá ser usado normalmente sem nenhum problema.

 

Esta é uma contribuição do Vagner Carvalho do blog  O Notebook.