Lançado o LibreOffice 4.1, um marco para a interoperabilidade

The Document Foundation lança a tão esperada versão 4.1, um marco para a interoperabilidade.

libo41

É muito comum a necessidade de trabalhar com arquivos de software proprietário enquanto utilizamos o LibreOffice ou qualquer outra suite office opensource, e nesse “samba” de extensões e padrões, nos deparamos com diversos problemas no dia-a-dia das empresas e residências. Mas como toda resolução de problema, temos um começo, meio e fim, e nesse momento tenho o orgulho de divulgar para vocês o começo dessa história. Dia 25 de julho de 2013, data do lançamento do LibreOffice 4.1, fruto de muito trabalho e dedicação de pessoas que doam um pouco do seu tempo em meio a correria do mundo em que vivemos, para compartilhar seu conhecimento e força de trabalho em pol de um projeto reconhecido e prestigiado.

Para mais informações da nova versão acesse:
http://blog.pt-br.libreoffice.org/2013/07/25/libreoffice-4-1-um-marco-para-a-interoperabilidade/

O LibreOffice 4.1 pode ser baixado imediatamente pelo link http://pt-br.libreoffice.org/baixe-ja . Extensões e modelos para o LibreOffice podem ser baixadas em: http://extensions.libreoffice.org e http://templates.libreoffice.org

Aproveito o espaço para parabenizar toda a equipe de desenvolvedores do LibreOffice e em especial a dois rapazes que deram um exemplo de trabalho, dedicação e espírito solidário. Estiveram no FISL14 e não teve quem não se emocionasse com o entusiasmo e as histórias de como começaram a desenvolver e participar da equipe LibreOffice. Que essa seja a primeira de muitas palestras e participações em eventos, vocês merecem!

SAMSUNG CSC Marcos Souza e José Guilherme Vanz

  • Instalei aqui e trocar o office para o libre office para outros usuários é a morte, muda a cor da grama não sabem mais mexer ou procurar sozinho os recursos. Mas parabéns mesmo por darem apoio ao software livre. Testando aqui o Calc abri meus arquivos e claro que não é pra ter a cara do excel, mas acostuma muito as Ribbon, agora olhar pra cara limpa do Libre Office faz falta, mas com certeza usável e trocável. Agora nessa onde de office 365 (5 licenças/preço baixo) também detona o preço do pacote fechado. Mas cada um escolhe o que for mais comodo.