OpenCast CooperaTI

Vida longa e próspera pessoal! Tivemos mais um OpenCast de surpresa!
Falamos sobre certificação de Windows Server 2012, como tirar, aonde estudar e se vale ou não tirar a certificação do Windows Server 2008.

 

E ganha um doce quem adivinhar quem é o usuário XPTO que estava na sessão conosco Smiley piscando

  • XPTO – ???

    EDITADO PELO ADMIN:
    Você acertou! Mas não vamos publicar para que outros fiquem na dúvida, rsrsrs

  • ahauh, eu sei quem é o XPTO, não vou falar também de birra ahuahuau, brincadeira 😀

    Q isso, consegui entrar na sala, na hora q acabou o opencast, pena que perdi :'(, mas sobre o Rafael “Aparecido” Bernades, ele não fez uma tatuagem do MVP ainda? E sobre a camisa, não duvido que isso realmente tenha acontecido ahuauhuah

    E o Lauff, sobre reunião durante a noite só uma tag #DormirÉprosFracos 😀

    O Lauff tu só esqueceu de comentar a maratona para fazer a 417, ai o pessoal ia até ficar com dó de você huauauauh

    No mais, sem mais :D, até o próximo opencast e que eu esteja lá 😀

  • Rafael não consegui participar no dia, mas queria colocar uma pergunta pra vocês, por esses dias atrás, um cliente preferiu rodar um Redhat Linux Enterprise em vez de colocar um AD 2012 pois achou caro não a licença do Windows Server mas dos CALs para acessar Windows Server 2012. ? Será é que o investimento é tão alto assim ? para preferir o RedHat Enterprise e abrir mão dos recursos do WinServer 2012, não sei mas acho que as vezes falta procurar mais sobre o assunto.rs ?

  • * obs, esqueça a interrogação depois do ponto final no trecho …Windows Server 2012. ?rs

  • Andre Freire

    Rafael, acho que vocês devem comentar sobre o assunto que dominam e não ficar com achismos sobre o que desconhecem. O DNS do Linux, o Bind9, possui as mesmas funções que o do Windows e também pode ter registro automático de recursos bastando para isso que se saiba como fazer. Esses recursos estão disponíveis a anos e enquanto o DNS do Windows é usado, na maioria dos casos, somente internamente para dar suporte ao Active Directory, o Bind9 da suporte a toda a internet.
    Continuo admirando seu trabalho.

    • André,
      Não me julgue por apenas um comentário, que nem lembro qual foi. Era somente uma brincadeira, se referindo ao histórico do DNS no Linux. Você falou da versão 9, ok, mas lembra da 8 (chegou a não ser recomendada)?
      E como você diz, “depende de quem sabe fazer”, eu utilizo o DNS do Windows Server para registros públicos há 10 anos e nunca tive problemas.

      Desculpe se em um momento de descontração eu diminui uma tecnologia que gosta. Mas também não gosto quando acham que eu não sei de outras tecnologias, só porque faço brincadeiras e tenho foco em Microsoft.

      Valeu!

      • Andre Freire

        Rafael me desculpe também pois acho que fui muito ríspido em meu comentário. Mas sendo você o Rafael Bernardes e tendo como pano de fundo o COOPERATI, um comentário sobre qualquer ferramenta seja ela proprietária ou opensource tem um peso enorme ainda mais para quem está começando e não tem opinião formada ou conhecimento aprofundado sobre tecnologia. Você é espelho pra muita gente que está começando e até mesmo pra quem já tem algum tempo de estrada. Também estou no mercado de TI a aproximadamente 10 anos e te digo que gosto muito de soluções opensource para algumas situações e que sou fã incondicional de muitas soluções Microsoft em várias situações.
        Mesmo você tendo foco em Microsoft já vi você incentivando o uso do Freenas em detrimento do próprio Windows Storage Server. Para chegar aonde chegou você tem realmente que conhecer várias tecnologias e meu comentário anterior foi sobre sua piada e não seu conhecimento.
        Continuo admirando seu trabalho e acompanhado seu portal e espero poder te conhecer pessoalmente num próximo Bytes&Beer !

        Grande abraço.

        • Essa é uma visão que ainda estou aprendendo a ter. Eu realmente expresso minhas opiniões livremente, assim como faço chacotas de tecnologias ou soluções sem pensar direito. Realmente tenho que tomar mais cuidado com brincadeiras desse tipo, que não refletem a minha real opinião sobre a solução em questão, mas pode dar a entender isso!

          Obrigado pelo comentário. Em nenhum momento fiquei chateado contigo. Na verdade é bem difícil alguma coisa me chatear 😉
          E também agradeço pela confiança em mim depositada, saiba que o trabalho que fazemos no CooperaTI é para ajudar pessoas como você!

          Valeu!