Review – Galaxy Tab 2

Em tempos de mudanças de paradigmas sobre gadgets e com o advento da Consumerização, veja mais sobre isso em aqui e aqui, os Smartphones e Tablets ultrapassaram o limite de aparelhos pessoais e começaram a fazer parte do dia a dia do profissional, e não só da área de TI, nem só os nerds vivem de tecnologia hoje :-). Com isso temos dúzias de aparelhos e mais vindo aí, assim de vem em quando fazemos aqui testes e comparações com alguns aparelhos que chegam as nossas mãos, sejam eles comprados, cedidos, emprestados, etc… :-).

Hoje vou falar do Galaxy Tab 2 de 7″ da Samsung, tanto de seu software quanto hardware e durabilidade de bateria. Pontos positivos e negativos, portanto vamos ao review.

Vou tentar ser claro, mas imparcialidade não existe em nada, vou tentar ser objetivo dentro do possível.

Primeiro vou falar do equipamento, o tamanho é tudo que eu precisava, já tive um tablet de 10″ ( que se suicidou da minha mão em uma escada… snif snif… 🙁 ) e não deu muito certo, mas 7″ é o ideal para segurar com uma única mão sem obrigatoriamente ter mãos gigantes…hehehe, fora que é leve de segurar.

Hardware

O hardware é bom, não ótimo, mas muito bom. CPU dual core de 1Ghz com uma GPU PowerVR SGX540, quer dizer dá pra jogar sim, a GPU é melhor que muitos celulares/tablets no mercado brasileiro que são usados para jogar. Mas como eu não jogo no Android nem ligo, mas quem joga deve gostar. Com 1Gb de RAM ele executa tudo que testei, incluindo vídeo e planilhas simultaneamente sem problemas. O armazenamento é de 16Gb e com entrada para microSD de até 64Gb (que ainda vou testar quando comprar um :-), só usei um de 16Gb). Para uso de pessoas normais dá e sobra, para loucos por jogos não. Eu gosto de jogos por isso tenho 3 videogames, jogar em celulares e tablets só jogos de xadrez, jogos de raciocínio, etc.

Sistema

O sistema vem bem fácil de configurar e estável. Ele é um Android 4.0.3 com as modificações da Samsung, que eu particularmente não ligo. O que posso dizer é:

Pontos a favor:
– Bonito
– Muitas funcionalidades que auxiliam o usuário comum, como os Samsung Apps
– Menus bem arrumados e intuitivos, e pelo que me disseram são menus Apple Style 🙂

Resumindo ele tem uma bela interface, e pra quem vai usar mesmo que não seja geek (não que eu seja :-P) está bem clara e fácil de usar. Possui uma barra inferior que marca claramente a chegada de email, mensagens, notificações, faz screenshots e etc. Ele agrada tanto a quem é de TI quanto usuários que não entendem de tecnologia, tanto que pessoas com quem deixei ele conseguiram usar sem problemas.

Pontos Contra:
– Lentidão
– Sistema ainda não atualizado
– Resolução não é FullHD (não me incomodou pois vi Netflix com boa qualidade sem problemas)

Trocando em miúdos, as modificações que a Samsung fez no Android deixaram ele um pouco lento para abrir aplicativos, para fazer a transição de telas. O sistema ainda é 4.0.3, sendo que já tem 4.0.4 e 4.1.1 pelo mundo, mais uma vez estamos sendo deixados para depois. Tudo bem que os lançamentos da Apple, Nokia sempre nos deixam para depois, mas se a Samsung quer mesmo ser considerada em primeiro lugar deve nos considerar em primeiro lugar.

Os pequenos travamentos nas transições e lentidões não foram percebidas por quem era leigo, mas eu que sei a capacidade do hardware notei logo. Sei que quem é de TI vai perceber também, incomoda saber que seu equipamento é mais lento do que deveria, esse ponto é crucial para a Samsung mostrar a que veio, não basta ser bonito para os leigos, mas agradar aqueles que tem conhecimento sobre os equipamentos e fluidez e rapidez devem andar juntas quando se fala de interface.

Opções sobre o Sistema:

Como não sossego enquanto não tiver o sistema do jeito que eu quero, um dos motivos de eu gostar muito do Android é esse, pois posso pegar um Titanium Backup e remover apps, instalar scripts, modificar arquivos e fazer minha ROM pessoal :-). Tratei logo de instalar uma ROM modificada. Especificamente uma CyanogemMOD (que também uso no smartphone), segui um dos muitos tutoriais que existem na internet(por minha conta e risco) e em alguns minutos estava com meu tablet com acesso de root e Clockworkmod instalado, ou seja, pronto para instalar qualquer ROM nele.

Porque gosto de emoções optei pela versão beta (CM10 com android 4.1.1) e não pela estável (CM9 com android 4.0.4). Mas não tenho do que reclamar, muito mais rápido, transições de tela mais fluidas e rápidas, no quesito consumo de bateria não posso falar muito pois ela durava cerca de 10 horas de uso pra chegar a 20% e esta só um pouco melhor. Uso o dia inteiro com livros, vídeos, ferramentas de teste, edição de documentos e internet(claro muita internet) e está mais ou menos a mesma coisa.

Gravação de vídeos pela câmera é muito boa, mas depende da iluminação. Skype com vídeo está ótimo, não testei outros aplicativos de videochamadas (nem os conheço…hehehe).

O novo assistente do Google no 4.1 é muito bom, sempre sugere rotas de acordo com os horários que você sai, sugere restaurantes e bares onde você estiver, e o reconhecimento de voz está muito melhor, mas não perfeito :-P.

Produtividade

Produtividade, ou seja, pra que server esse troço além de gastar meu dinheiro? Pra muita coisa.

No primeiro dia de uso, utilizei um programa chamado Wi-Fi Analizer que verifica redes wireless e resolvi um problema que o pessoal de rede estava há mais de uma semana tentando. Um usuário reclamava de lentidão na rede, de perder conexão e voltar toda hora, no prédio tem uma rede com um único SSID espalhado por diversos roteadores, com o software pude verificar que um dos roteadores (do andar abaixo) estava em outro canal, o que fazia com que o note do usuário saísse e voltasse para esse roteador toda hora, prejudicando a conexão, uma simples troca de canal para o que todos usam resolveu.

Utilizo muito ferramentas de acesso remoto, e vou te dizer, RDP ou SSH em tela de smartphone ninguém merece. Assim 7″ tem sido bom pra ler e executar comandos e ao mesmo tempo pequeno o suficiente para carregar por aí sem pesar muito.

Uso o Smart Tools para medir altura de racks, inclinação dos mesmos, para medir distâncias para cabear.

Leio livros técnicos e não técnicos sem problemas com as letras pequenas (quem quer arriscar a vista fique a vontade mas em telas de 4″ não é confortável não) e com o passar de telas fácil de fazer com um dedo.

Editar documentos no Office do Android está fácil, fiz até um ppt de emergência para mostrar um projeto de rede a um cliente em uma apresentação. Não se compara a comodidade de um mouse e teclado com telas grandes, mas é extremamente útil para documentos que precisem ser criados ou retocados com urgência.

Posso dizer que serve para melhorar sim a produtividade e portabilidade do profissional, não tem que procurar tomada para recarregar, quando preciso de internet compartilho a 3g do smartphone com ele e pronto.

Minha opinião é que vale a compra, principalmente se conseguir a R$699,00 ou menos (já vi promoções assim por aí), com uma boa case se torna fácil de carregar e de usar. Um bom tablet que até agora tem sido muito útil e me auxiliado no dia a dia.

Seguem algumas fotos dele e de outro que compraram aqui na equipe de trabalho.

Eis ele com a Case com teclado, vai por mim SSH com teclado é muito mais prático 🙂

O meu com sistema modificado e o outro com o sistema original, só pra constar o meu é o da direita :-).

O outro com sistema original:

Alguns screenshots:

Espero ter ajudado a quem está em dúvida sobre a funcionalidade dos tablets ou sobre esse aparelho.

Aguardem mais reviews por aqui e não se esqueçam de comentar e de curtir nossa página no Facebook.