Aula Demo: Cluster de máquinas virtuais com storage open source – Rafael Bernardes

Nesta sexta, 19:00h, teremos uma aula de demonstração do curso de cluster de máquinas virtuais com storage open source, com Rafael Bernardes.

Esse curso é dinâmico, exigindo a participação de todos. Todo o curso é uma simulação de um case real, onde teremos orçamento, prazos, documentação e também a implementação técnica.

O instrutor é o Rafael Bernardes, fundador do portal Cooperati. Ele possui, além de certificações, duas grandes premiações em virtualização: O IT Hero (Por um projeto pioneiro em Hyper-V – 2009) e o MiVP (Most Influential Virtualization Professional – 2012). Aproveite a chande de aprender virtualização na prática com um dos melhores profissionais do Brasil!

HOJE, 29 de Junho, 19h

O link da reunião está logo abaixo. Aproveite e faça uma pré-inscrição para esse curso, que irá começar no dia 17 de Julho. São poucas vagas. Envie um email para: [email protected]

A sala virtual será aberta às 18:00h: https://meet.lync.com/infobusiness-bernardes/rafael/IAOH74U0

Primeira reunião online? Instale o Lync Attendee para poder participar!

  • Artur de Souza Aragão

    Puxa!
    Vocês vão publicar o vídeo. Neste horáro fica complicado para mim.

    • Pode ficar tranquilo que o vídeo será publicado. Está nesse horário porque temos um curso acontecendo de 8-23h e os alunos pediram para participar da aula demo também.

      • Artur de Souza Aragão

        Rafael,

        Obrigado pela resposta e parabéns pelo CooperaTI. Eu venho acompanhando o belo trabalho que vocês têm realizado.

        Ahhh!!! Existem alguns links que estão redirecionando para a Amazon, mas nada acontece. Só estou passando a informação, pois pode ser algum problema.

        Algo que eu gostaria de ver aqui no CooperaTI é uma matéria que fale mais sobre o profissional de TI, quando este já tem vários anos de experiência, mas o mercado acaba por fazê-lo se sentir desestimulado. O que é necessário fazer para que o ânimo seja novamente aquecido. Queria ver qual é o ponto de vista do CooperaTI sobre esta questão.

        Há empresas e empresas, e muitas vezes nos encontramos em verdadeiras arapucas, onde somos obrigados a ter que fazer tudo, dançando frenéticamente com várias escovas para que tudo fique bem. Este não é o tipo de qualidade de trabalho que se é esperado, mas é o que vem crescendo de forma perigosa, principalmente no RJ.

        Obrigado pela atenção!

        • Ok,

          Vou pensar nesse tema sim. O profissional precisa saber sair dessas “armadilhas” de clientes ruins (que as vezes pagam muito bem).

  • Show!!! como sempre o conhecimento será bem vindo…