Alta do dólar. O que fazer?

Na data que escrevo este artigo(24/05/2012) o dólar Ptax esta cotado a R$ 2,0809 compra. Esta é a alíquota que os principais fabricantes de TI levam em consideração para especificar seus preços de venda.

Recentemente o presidente do Banco Central deu uma entrevista  onde disse que a alta do dólar não preocupa a instituição. Isso de certa forma sinaliza que o Banco Central espera que o dólar continue subindo.

Todos os produtos para informática são diretamente influenciados pela alta do dólar o que impacta diretamente no orçamento do gestor de TI. Com a alta dos produtos, diminui a sua capacidade de investimento, prejudicando até projetos que estão em andamento.

A nossa dica é: Se tem verba compre agora.

O dólar não dá sinais que vai cair no curto ou médio prazo, logo, se esperar mais para fechar os projetos pendentes na esperança de um dólar mais baixo, tem uma grande chance de inviabilizar as compras.

Também estamos no fechamento do ano fiscal de alguns fabricantes. Isso faz com que tenham descontos mais agressivos e pagamentos mais flexíveis.

Outra opção, principalmente para gestores que tem um orçamento definido no ano, é trocar a compra de produtos por serviços. Ao invés de comprar servidores e licenciamento, por exemplo, procure orçar o aluguel dos servidores com o licenciamento incluso.

Para projetos de licenciamento Microsoft, procure o licenciamento por subscrição. Desta forma você não gasta todo o seu orçamento e ainda pode reduzir ou aumentar as suas licenças e só pagar no aniversário do contrato.

Também não esquecer da cloud computing. É uma excelente forma de montar uma infraestrutura com custo de aquisição bem baixo.

É isso pessoal. Comente no formulário abaixo como a alta do dólar tem impactado as compras de TI da sua empresa e compartilhe suas experiências.